Antes de falar do Therasuit, vou me debruçar um minutinho sobre o ator principal deste tratamento. Do guerreiro e visionário paciente especial!

No meu caso, uma paciente especial – Maria Clara

Quando temos um filho “especial” tudo muda de figura. Incertezas, medos, frustrações e decepções com o ser “humano” se tornam frequentes em nossas vidas. Exames a perder de vista, idas e vindas em busca de algo que talvez nunca encontraremos. A tal RESPOSTA do que nossa filha tem. Fizemos todos os exames possíveis. Viajamos para o outro lado do mundo para fazer transplante de células tronco. E nada foi capaz de dar um retorno real para nossa princesa. O mais perto que chegamos de algo palpável foi a descoberta de uma deficiência de dopamina (já administrada hoje com uma medicação comprada nos Estados Unidos). Passamos pelo pior momento de nossas vidas quando em 2017 na sexta feira de abertura do Carnaval, demos entrada no Hospital Português de Recife na emergência, com Clara precisando de uma intubação e internação na UTI, de onde não arredei o pé por 54 dias intermináveis. Saímos com um home care e logo depois demos nova entrada, agora no Esperança Olinda, onde 9 dias de aflições nos acometeram impiedosamente. Não é duro ver um filho nesta situação. Beira à insuportabilidade. Graças a Deus, saímos e hoje continuamos na luta pela melhor qualidade de vida de nossa Maria, que bravamente luta todos os dias. Por isso digo que é uma guerreira na acepção da palavra. Ela não fala, mas palavras são o menos importante em nossa sublime comunicação. É com o coração que escutamos sua voz. Podem acreditar…sua voz é linda e dá para imaginar um “eu te amo papai” quando ela me olha. Seu olhar é doce e cheio de gratidão.

Talvez você não veja tanta importância nisto, mas gostaria de que escutasse mais seus filhos. O que eles têm a dizer e necessitam. Não é preciso perder para se dar conta da graça que é poder escutá-los. É só ser mais humano!

A Clínica Pepita Duran e sua equipe!

Quem a vê hoje, pode não acreditar que durante muito tempo, vários profissionais jogaram a toalha. Alguns foram fatalistas e pouco “humanizados”. Por este motivo, encontramos na Clínica Pepita Duran, um verdadeiro acolhimento humanizado. Não que se precise ensinar, mas que faz parte naturalmente de sua equipe. Não temos a fantasia de que no tratamento está a cura, ou nem que porventura ela exista, mas temos a certeza de que se ela um dia chegar, passar a existir ou for pelo menos uma hipótese, estaremos com Clara na sua melhor forma possível para recebê-la.  Com a fisioterapeuta Jéssica Nora no comando das ações dentro daquela “gaiola mágica”, combinações elásticas tentam comunicar àquele cérebro que ele é plástico e tudo pode se ele quiser. Tentando mostrar a ele, como preconizado no livro “O Cérebro que se transforma”, que se o caminho da visão está obstruído ou inexiste, os ouvidos passam a “enxergar”. Mostrando que o localizacionismo não passa de um conformismo sem esperança. E que a Neuroplasticidade não pode tudo…porque ela é tudo. Não tem como parar algo que por natureza muda o tempo todo. Sua essência é a plasticidade. Nosso cérebro se transforma e se reconecta.

Então minha teoria é – Se ela sorri, então pode andar!

Alguns benefícios que Clara conseguiu desde que iniciou o tratamento:

Antes Clara dormia a terapia quase toda e com pouca interação – Hoje ela vai muitas vezes até o final com um alerta maior e acordada.

Antes ela pesava em torno de 16 quilos  – Hoje com a postura de pé, ela já consegue suportar mais dieta e consequentemente seu peso já passa dos 17 quilos.

Antes sua tolerância era de 130 ml de dieta  – Hoje já passou para 160 ml.

Antes sua resistência ao sono era de no máximo 17 horas – Hoje já conseguiu ficar acordada até mais das 21 horas.

Antes dormia quase toda a noite no bipap – Hoje está tão bem a noite que, não raro, deixo ela adentrar pela madrugada sem colocá-lo.

Antes seu pezinho ficava todo dentro da órtese – Hoje, devido a liberação de mais hormônio do crescimento, os dedinhos já transpassam os limites da goteirinha e sua altura passa dos 1m e 3 cm, deixando ela no percentil 85 para sua faixa etária.

Antes seu olhar era mais perdido e sem muito interesse – hoje com a ajuda do Levitar de cabeça, durante as terapias, ela já move a cabeça de um lado para o outro e quando tira, consegue fazer um encaixe (não perfeito, claro).

Antes ela passava até 8 dias sem fazer cocô e hoje já está regulada fazendo todos os dias e sem medicação.

Enfim, são vários benefícios e o mais importante….Quando chegamos em casa eles se prolongam com menos aspirações, mais sorrisos e noites mais tranquilas.

O Therasuit é mágico e como tal, nos reserva surpresas. Não garante….Não dá falsas esperanças…Não promete. Ele faz o que está ao seu alcance. Trabalho duro e com uma precisão matemática. São cores, tamanhos, vetores e muitos elásticos. Muitas possibilidades, posições e resultados. Aonde vai nos levar? Não sei, mas e quem quer saber? Eu quero é continuar indo.

Para mais informações sobre onde realizar o tratamento acesse www.pepitaduran.com.br

facebook Clínica Pepita Duran

#pepitaduran #therasuit #terapia #meuanjomaria #recife  #nupapel

Anúncios

4 Comentários

  1. Seus comentários/explicação é de tirar o fôlego. Parabéns pela sua garra, sua fé, sua perseverança e pelo grande pai que você é. O seu nível de conhecimento sobre tudo que acontece com a nossa princesa Clara, é fundamental para o sucesso do tratamento. Que Deus conceda muita saúde a todos que participam dessa batalha. Você e sua mulher merecem medalha de ouro. Fiquem com Deus.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amei ler tudo isso! Só quem tem uma filha ou um filho especial pode dizer que um olhar diz tudo, e transmite amor e gratidao! Amamos nossa filha Ketlyn e estamos a procura do que é melhor para ela! Amamos Maria Clara e temos a certeza de que sao anjos que cuidamos!!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s